Mensagem de Dom Odilo: Feliz Natal a toda a Arquidiocese de São Paulo – Ele está no meio de nós!

Desejo que a comemoração do nascimento de Jesus seja motivo de alegria e consolo para todos. “Deus tanto amou o mundo, que lhe enviou seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna!” (Jo 3,16). No Natal, o céu aproximou-se da Terra e o mundo está menos sozinho; Deus veio até nós com infinita ternura e manifestou-se a nós na figura de uma criança!

Que sintam isso, de maneira especial, os pobres, as pessoas com deficiência, doentes, prisioneiros, humilhados e desiludidos da vida; alegrem-se os jovens, que buscam luzes para sua vida, e as crianças, capazes de se surpreender diante das maravilhas de Deus.

Que sintam isso os pais, preocupados pelo bem dos filhos; os que se esforçam no desempenho de suas responsabilidades sociais e públicas. Que se alegrem também os que não creem: Ele veio ao encontro de todos e está no meio de nós!

Na Novena de Natal deste ano, em nossa Arquidiocese, refletimos e rezamos sobre as paróquias, “comunidades de comunidades”; cada comunidade da Igreja tem a missão de ser uma expressão viva e alegre da presença e atuação de Jesus Cristo Salvador na cidade de São Paulo. O anúncio da Palavra de Deus, a celebração da Eucaristia, a atenção a cada pessoa, a caridade pessoal e comunitária irradiam sua presença.

Mas também cada família cristã é um núcleo de vida cristã, onde Jesus Salvador é acolhido e anunciado. Lembremos sempre que Jesus Cristo, o Salvador, nasceu para este mundo numa família; nela cresceu e se desenvolveu, humanamente. Encorajo, portanto, cada família a ser um lugar de acolhida de Cristo e de irradiação da sua presença para os outros e para a cidade.

Num mundo que passa por tantos problemas, alegra-nos anunciar a Boa Nova, como o anjo na noite de Belém, há 2 mil anos: “Nasceu-vos hoje um Salvador, que é Cristo, o Senhor!” (cf Lc 2,11). Faz bem pensar que a cada um de nós, como ao mundo inteiro, envolve a misteriosa ternura de Deus, que se inclina para nós e nos faz olhar para o alto, fazendo-nos sentir amados e menos sós neste mundo!

Alegro-me, de modo especial, porque muitas pessoas e famílias responderam ao nosso convite para recuperarmos o sentido cristão do Natal de Jesus. Muitos fizeram as Novenas do Natal em família; muitos fizeram um presépio em casa; houve muitas ações de solidariedade fraterna para com os doentes, pobres, prisioneiros… Muitos confessaram e rezaram mais intensamente durante o Advento… Mesmo em nossa cidade, já apareceram mais sinais do Natal de Jesus. Deus seja louvado!

Agora celebramos mais uma vez esse mistério de amor! Ele está no meio de nós! Deus habita esta cidade! E não apenas hoje: Ele permanece conosco e caminha à nossa frente. Caminhemos com ele pela vida afora e seremos felizes.
Feliz e santo Natal a todos! Deus esteja ao seu lado em todos os dias do ano novo!

São Paulo, Natal de 2011