Histórico

Primeira Capela

Breve Histórico da Paróquia São Pedro Apóstolo

Pelo final da década de 1930, início da década de 1940, uma imagem de S. Pedro Apóstolo foi trazida da Paróquia N. Sra. de Lourdes para a casa do sr. Antônio José Augusto situada na esquina da rua Pirassununga com a rua da Mooca.

Algumas pessoas ali se reuniam para rezar. Surgiu a idéia de se fazer uma capela para o Santo. Depois de muitos esforços as pessoas que se reuniam na casa do sr. José Augusto conseguiram comprar um terreno na rua Ibitinga e construíram a primeira capela.

Os cuidados da capela foram entregues aos Padres Estigmatinos da Paróquia N. Sra. do Bom Conselho. O padre encarregado foi o Pe. Vitório Nardon, pároco da Bom Conselho.

Em 25 de julho de 1943 pela iniciativa de vários leigos fundou-se na capela uma Comissão provisória com o nome de Associação São Pedro tendo como  finalidade,  ajudar o padre vigário no melhoramento da capela e nos vários trabalhos religiosos. As reuniões da associação passaram então, a serem feitas na própria capela. Aos poucos, mais e mais associados foram se juntando aos pioneiros, estabelecendo-se por fim  um Estatuto da Associação.

Construção da 2ª Capela

Eram feitas listas, promoções, pequenas quermesses para se comprar uma nova e bela imagem de S. Pedro e também,  para se ampliar a capela primitiva.  Aquela bela imagem  é a mesma que ainda hoje é venerada nesta igreja.   Entusiasmados, aqueles associados, em vez da ampliação, acabaram por construir uma segunda capela em substituição à primeira.

Os zelosos padres estigmatinos organizaram os serviços religiosos da capela e dirigiram sua atuação administrativa, até o momento em que ela se tornou Paróquia aos 11 de fevereiro de 1958 (primeiro centenário da aparição da Imaculada Conceição em Lourdes, França)  por determinação do sr. Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, cujo braço direito era seu bispo auxiliar por Dom Paulo Rolim Loureiro.

O primeiro vigário a quem foi confiada, em abril de 1959, a novel paróquia foi um padre belga  o  Pe. José Jeukens. Vários outros padres se sucederam à frente da paróquia.

Em 29 de janeiro de 1963 foi nomeado pároco o Pe. Francisco Manuel Vieira, que construiu este belíssimo templo.   Ele permaneceu nesta paróquia por 12 anos, sendo depois nomeado Vigário Episcopal da Região Leste I e por fim, sagrado Bispo de Osasco.